LilySlim Weight loss tickers

LilySlim Weight loss tickers

terça-feira, 20 de março de 2012

Por que engordei tanto a ponto de operar???

Por que engordei tanto a ponto de operar???
CLARO que é pq comi erradamente, não fiz atividade física, entre outras coisitas... Mas, o que me levou a tamanho descontrole? Obesidade é sintoma; cadê as causas?


Tenho pensado muitoooo nisso...


E a Rachel do Cottage Regressiva postou semana passada um vídeo (olha aqui) com a seguinte indagação: VOCÊ TEM FOME DE QUE? Neste vídeo a Flávia (amei!) recomendava um livro "Mulheres, Comida e Deus", de Genen Roth... 
Não resisti e comprei! Estou lendo e ele está me fazendo analisar tantas coisas.... 
Na minha terapia já ficou muito claro que eu "comia minhas ansiedades"... Lendo esse trecho do livro parei para analisar novamente os meus momentos de engorda: 


"comer compulsivamente é uma maneira de sair de nós mesmas quando as coisas ficam difíceis, quando não queremos perceber o que está acontecendo. [...]
É uma maneira de nos distanciarmos das coisas 
quando não estão da maneira que queremos que estejam"

Nossa, realmente eu sempre engordei quando busquei na comida um escape para períodos complicados para mim, foram eles:


1º) Intercâmbio - o início da adaptação foi complicado, uma nova língua, novos hábitos... => Fui de 69 a 85 kg => Emagreci e cheguei a 56kg
2º) Mestrado na Europa - todos os tipos de problema eu tive nesta empreitada... De "amigos" ao curso tudo foi só frustração... => Fui de 58 a +/- 75 kg (creio eu, não sei ao certo pq quase n subia na balança era tudo empírico) => Emagreci e cheguei a 65kg
3º) Ansiedade com a mudança => para vida de casada e nova cidade, novo trabalho => Fui de 68 a 85kg => Emagreci e cheguei a 77kg
4º) 6 meses na casa da sogra na volta à Recife  - muito difícil não ter sua casa, estar na casa dos outros é uma barra => Fui de 77 a 94kg => Decidi operar!!!


Na verdade, decidi operar com 87, mas na ansiedade do pré-cirúrgico cheguei rapidinho aos 94...


Para mim é essencial descobrir o como e o porquê de ter engordado tanto... 
Só assim posso aprender a não engordar de novo...


E você??? O que você não queria perceber que estava acontecendo (e para isto comeu)? Pq vc engordou? Do que vc queria se distanciar???

22 comentários:

  1. Olá!
    Revi-me muito no que escreveste...
    Também fui um io-io durante anos e em 2010 decidi colocar a banda gástrica...
    Neste momento tou com um peso igual ao da altura em que fui operada...Não me adapto à banda, fico com problemas no estômago e esófago e tenho de alargá-la...Fico com mais fome e como mais; resultado: engordo...
    Já fiz psicoterapia com a psicóloga da equipa multidisciplinar, tenho psiquiatra; já tentei a hipnose e sei que me refugio na comida mas continuo a não conseguir compreender como comecei este vício nem porquê...
    Sinto-me desanimada...
    Estou a pensar nas medicinas alternativas, como a acupunctura...
    Bjs e muito sucesso para ti!

    ResponderExcluir
  2. oie flor, efeito inhonho é uma droga msm, aconteceu comigo isso a vida toda até q uma hora desisti qdo vi estava com 151 e ai me assustei e corri atrás da cirurgia ela n é milagre mais auxilio ja tenho observado isso bjcas e mta força na sua caminhada e obrigada pela sua visita constante lá, até +

    ResponderExcluir
  3. Boa reflexão! Vou começar a pensar mais sobre isso! bjs

    ResponderExcluir
  4. Já busquei a resposta para essa pergunta e sei bem o que me levou a 116 kgs, meu pai de cama há 16 anos, uma briga horrível com uma das minhas irmãs, morte prematura da minha sobrinha, perda de um bebê, mudança de emprego, gravidez, marido há 100 kms de distância....tudo isso ao mesmo tempo, em 4 anos sai de 70kgs para 116.
    Agora isso já está mudando, beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, nossa é exatamente isso que acontece, cheguei ao ponto que não me aguentava mais... passava mal e sentia muitas dores, demorei muito a me decidir, mas quinta-feira passada fiz a cirurgia e hoje voltei para casa.... sei que só esta começando a minha luta... mas vou em frente... beijos

    ResponderExcluir
  6. as respostas cada um tem que buscar em si mesmo, não chegamos a obesidade por isso ou aquilo, sao conjuntos de fatores, muito legal seu post. Aguardo sua visita e seu comentário no meu blog http://isaclourenco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Acho que engordei devido as dificuldades do mestrado. Nossa, comi demais nessa época.

    Leio seu blog a algum tempo! Agora resolvi fazer um também, estou tentando o método do livro Pense Magro. Se puder me segue lá!

    Abraços e tudo de bom!!!

    ResponderExcluir
  8. Como sempre seus posts são sensasionais!!! Realmente qdo queremos uma fuga, usamos a comida e chegamos a esse ponto!!!!! quero comprar esse livro!!! bjs

    ResponderExcluir
  9. Problemas no relacionamento, depressão, depressão pór-parto, insatisfação com o trabalho, transtorno bipolar... Enfim, a maioria das coisas está sob controle agora, com exceção do meu trabalho. E na terça eu faço minhas cirurgia.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. bom dia flor, como esta??? espero que bem...Hoje estou aqui no trabalho hiper dolorida por causa da academia principalmente as pernas e braços, ninguém merece, mais fazer o que até o corpo acostumar, já estou toda pelancuda, já estou me vendo fazendo plasticas.
    Falo pra minha amiga q estou igual elevador cada quilo um andar que desce as pelancas, aff...
    Mais o lado bom de emagrecer compensa td isso é valido e não tem preço que pague.
    tenha um lindo dia
    bjssssssss

    ResponderExcluir
  11. Resposta difícil para eu dar sem entrar em detalhes. Digo apenas que tenho consciencia de que a obesidade não foi algo que simplesmente aconteceu... Desde os 8 anos já demonstrava sinais de compulsão alimentar, mas como vivia numa casa com horários bem definidos, não havia como exagerar a ponto de engordar, e não morava com meus pais (falecidos) então não tinha coragem - por exemplo - de fazer birra pra comer o que queria. Na adolescencia morei num sítio, então comia muito, mas eram frutas e caminhava bastante tambem. Assim que comecei a trabalhar e gastar com guloseimas comecei a engordar. Aí veio gravidez, o ápice da minha depressão, dificuldades várias, outra gravidez e cheguei aqui onde estou. Operada e fazendo o caminho inverso definitivamente (eu espero). Gostei da pergunta Bella! bjão!!!

    ResponderExcluir
  12. Adorei Bela!!! Obrigada por me citar. Acho que os vídeos da Flávinha são mesmo muito inspiradores e o livro tb vou ler! Eu tenho total certeza de que a coisa é muitíssimo emocional tb!!! Hoje estou me obrigando a entender mais esse lado tb!!! Um beijo e um lindo dia pra vc

    ResponderExcluir
  13. Excelente post, tai algo q nao tinha pensado, pq engordei tanto..... comer ansiedade, saborear as frustrações, nao so foi sempre assim, como é ate hoje, terapia ajuda, mas mesmo agora depois de 3 meses de operada, minha maior dificuldade é nao transformar meus sentimentos em compulsao e em comilança :-(

    ResponderExcluir
  14. Sensacional esse post! A unica conclusão ás perguntas feitas é a seguinte: engordei pq é muito mais facil comer qualquer coisa a qualquer hora, por qualquer motivo, do que pensar realmente no que se quer comer e o quanto realmente se quer comer. Hj, depois da ciru, comemos por necessidade de nutrição, mas antes, eu posso dizer que cheguei ao absurdo de comer para passar o tempo. Hj posso assistir um filme tranquilamente, minha válvula de escape é outra, não a comida. Não comia quando estava triste ou feliz, mas simplesmente pq as vezes nao tinha o q fazer. Quero muito me manter longe daquela imagem enorme de mim que eu via no espelho.
    Bjsssssssss Bela Beauty!

    ResponderExcluir
  15. nossa como minha amiga é viajada, sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  16. Já pensei nisso diversas vezes e não chego a uma conclusão. Ansiedade, stress.. etc.. O jeito é perceber antes e tentar emagrecer a tempo que vire uma catastrofe.

    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Olá Bela

    Eu engordei por stress e alguns problemas que pareciam ter solução comendo chocolates uns atrás dos outros. É triste admitir, mas é a realidade!

    Tudo de bom,

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Pois é, é fato que não comemos só comida, que comemos sentimentos. E por isso que a cirurgia é só o começo, porque ela ajuda, mas quem precisa aprender a controlar os sentimentos somos nós mesmas. Adorei seu post!! beijinhossss

    ResponderExcluir
  19. Adorei o post e a dica de leitura...
    Vou pensar sobre.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Menina é bem isso mesmo.Essa semana tava em um dilema mudar ou ñ mudar de academia, pronto foi o suficente para tirar o foco da dieta e fazer tudo errado.Mais ja resolvi vou ficar onde estou é perto de casa e vou bem cedo ainda dormindo quando acordo ja fiz o treno todo kkkkkkkkkk bjos e boa sorte.

    ResponderExcluir
  21. É FATO TODAS NOS TEMOS A NOSSA HISTORIA PARA A OBESIDADE, FATOR COMER ERRADO, VIDA SEDENTARIA E ACIMA DE TD FATOR PSICOLOGICO EU NAO DESCONTAVA NA COMIDA APENAS A TRISTEZA, MAS TB A ALEGRIA TD ERA MOTIVO PRA COMER...COMPULSAO MESMO...
    QUANTO AO LIVRO VC ME ANIMOU PARA LER MINHA IRMA COMPROU VOU PEDIR EMPRESTADO....
    VC TA SUMIDA DO MEU CANTINHO
    BEIJUS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GELO VERDE
      Modo de Preparo: Mergulhe ligeiramente em água fervente 5 folhas de couve folha em seguida liquidifique com 200ml de água Congele em formas de gelo e adicione aos sucos 1 vez ao dia

      Excluir

Comenta aí que eu fico muito FELIZ!!!
Responderei por aqui mesmo: volta para ver!!!!